Pular para o conteúdo principal

Aquariana


Parecia noite de verão
Muito calor e ferveção

Nada me faz esquecer o que vi em você

Tinha um caminhar diferente
Seus passos eram combinados
Não dançava deslizava

lembro
Cheiro bom que lindo batom
Verdes olhos mel
Um sorriso teu me deixou no céu

Fala simples engraçada
Também adora dar risada
Moça linda prendada

Que tem ciúmes se é namorada
A carência te faz temer
Pois não deseja sofrer

A simpatia a maneira como
Ama a família

Atrai quem quer ti conhecer
Embora aquariana, sempre difícil
Se quer, da o braço a torcer
Mesmo que o medo ronde você.
Acredita em seu coração.

Comentários

PaUlInHa (LOPES) disse…
Vo te cobrar !!!!me deve uma poesia tem que ser para min....:p..
Daariane disse…
aaah entaum parabéns vc eh um ótimo poeta ;)
aah que bom que vc gostou soh essa poesia q foi eu mesma que fiz.;*
Histórias...... disse…
o novo amigo é poeta....ehehe
:) Que Lindo Cícero!
mais um Dom além desse sorriso'

Parabéns Amigo(!)
Fernanda disse…
OI!!
...Hum... Muito lindo!! o Blog e a Poesia!!
Beijuuuss!
C r i s t a l disse…
Adoreiii!! Tem tudo a ver comigo, exceto os olhos verde mel! rsrsrs
Sou aquariana e ciumenta controlada (rs) assumida!!

BjuSs

Postagens mais visitadas deste blog

Mentir

Ato
Ligeiro imediato
Diferentes fatos

Expert
Um talento herdado
Ou praticado

Raciocino
Criativo segue seu instinto
Benéfico
Depende do momento

Negativo
Quando apelativo
Positivo
Quando é preciso
Difícil
Conviver, mas às vezes é preciso.

Escrito por Cícero Ribas.

Paixão

Por você
Fico triste em escutar
Sorrio ao lembrar

Apaixonado
Abri me declarei
Não vou me arrepender

Perfeito
Repetia tantas vezes
Feito criança
Adoro suas risadas
Faz-me falta

Desisti
Só de tentar te replicar
Por que você é do conta
É linda irritada

Longe
Só em presença
Se valer a pena
No inverno vou chegar

Escrito porCícero Ribas.

Juntos

Pode ser Não é um sonho Pode apostar Não é um jogo Pode arriscar Não esta sozinha Pode ter medo Não a, quem não tenha Pode ter certeza Não te largarei Pode confiar Não serei, mais um 
Escrito porCícero Ribas..