Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

Desejo-te

Desejo-te, decifrar,  desvendar O caminho, segredo dos lábios seus Percorrer esta extensão Saborear Olhar no imenso azul Que me hipnotiza Imaginando o morango a tua boca De olhos fechados suspiro   Quero te beijar Cheirar tua pele branca macia Quem sabe um dia Você possa se apaixonar Por mim.
Escrito por Cícero Ribas

Viver de arte

Viver já é uma arte e poder viver dela também nos contempla,
 há desfrutar cada dia uma beleza diversa na vida, 
É sentir em cada momento um leve toque uma brisa do divino,
É enxergar nas dificuldades as oportunidades,
Na sensibilidade de ver o lado bom nas conseqüências do negativo, 
Ter reconhecimento não tendo dinheiro sorrindo por ter alcançado o estrelado não tão brilhante, mas que com o tempo será constante viver de amor a vida que Deus nos proporcionou o destino que nos criamos. 
escrito por Cícero Ribas.

Escrever é

Desabafar sentimentos 
Presos, escondidos
Platonicamente desejados
O fugir da realidade ou descrever do vivenciado
A alegria do recíproco Amor alcançado A decepção por ter depositado O que não pode receber
Ouvir os sons Que ninguém escuta Incluindo palavras que se transformam em frases, linhas Que senti as batidas do coração Descrevendo as em poema 
As musicas que todos cantam Histórias escritas para que possamos ler A vida que colocamos em um papel. 
Escrito porCícero Ribas