Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2013

Meu melhor amigo.

Agraciou-me, acreditou Mesmo tão inconseqüente com vários erros Nunca me julgou Continua do meu lado
Presenteou-me Faz-me viver a vida Desfruto da alegria Sinto todos os dias
Abraça minha alma ao dormir Lindo dia Acordei com você
Nunca o vi, Mas sei que está em mim Sempre me ajudou a reerguer-me Sem falar, acredite Eu te escuto meu amigo.

Jesus.
Escrito por Cícero Ribas.

Você

Sei que não gosta
Das suas curvas
Dentro de suas calças jeans

Perfeita para mim,

Sempre observei
Que escondia, não mostrava
Os óculos, medo de eu te ver
Por que

Não importa vou sempre te aceitar

Muitas vezes imaginei
Lendo processos
Letras pequeninas, sem fim
Que seus olhos grandes
Cansados piscavam de cansaço
Por se entregar
Eu te levando copo de café
para não dormir

Que saudades, quando olhavam para mim

Sei que acha, sem graça
A sua Pele branca, com pintinhas negras
Espalhadas pelas costas
Adoro o contraste em mim
O cheiro que deixava
Ao se despedir

Em volta da sua boca
Avermelhada dos beijos
Intensos, sua alergia a minha barba

Você amava

A parte que eu mais gosto
Você nunca adorou
Ria, quando eu te falava
Bem baixinho

Amor

Abraçava bem apertado
Para não se desgrudar
Achei que iria, me enjoar

Viciei

No seu nariz, cheirando
Meu pescoço
Sofro

Nunca mais.

Escrito por Cícero Ribas.