Pular para o conteúdo principal

O Caminho certo – Escrito por Luiza Caspary


Tira açúcar põem o mel
Vem me adoçar, vem me adoçar a minha vida,
Tira a pimenta põem no céu do mar

Vem temperar, vem temperar a minha vida,
Vem me alimentar, vem me naturalizar,
Traga a saúde, traga amor me traga fé, muita fé,

Vem me libertar, vem me fazer viajar, pra outro lugar longe daqui,
E se possível me faz voar

Eu preciso de carinho
Eu preciso de calor
Eu preciso de um beijo muita paz e muito amor

Na verdade eu preciso é de você
Você que é eu, eu que sou você,
Por isso peço toda noite antes de dormir
Pra que você me ajude a descobrir

O caminho certo
a escolha perfeita e meus olhos se fecham com toda certeza
O caminho certo
a escolha perfeita e meus olhos se fecham com a luz acesa

Tira o lixo põem, o que a de bom,
Vem renovar, vem reciclar a minha vida,
Delata o ódio deixa a paixão
Cuida de min, cuida do meu coração,

Não deixa, eu sentir,
Eu acreditar na ilusão que gosta de nos enganar,
Leva embora o rancor e a solidão
Eu quero ser livre no meio dessa multidão

Comentários

Paty lopes disse…
amei linda mesmo ...
Anônimo disse…
Linda a musica mas a artista é de onde?
Esses pensamentos são seus? muito bons!

Postagens mais visitadas deste blog

Mentir

Ato
Ligeiro imediato
Diferentes fatos

Expert
Um talento herdado
Ou praticado

Raciocino
Criativo segue seu instinto
Benéfico
Depende do momento

Negativo
Quando apelativo
Positivo
Quando é preciso
Difícil
Conviver, mas às vezes é preciso.

Escrito por Cícero Ribas.

Paixão

Por você
Fico triste em escutar
Sorrio ao lembrar

Apaixonado
Abri me declarei
Não vou me arrepender

Perfeito
Repetia tantas vezes
Feito criança
Adoro suas risadas
Faz-me falta

Desisti
Só de tentar te replicar
Por que você é do conta
É linda irritada

Longe
Só em presença
Se valer a pena
No inverno vou chegar

Escrito porCícero Ribas.

Juntos

Pode ser Não é um sonho Pode apostar Não é um jogo Pode arriscar Não esta sozinha Pode ter medo Não a, quem não tenha Pode ter certeza Não te largarei Pode confiar Não serei, mais um 
Escrito porCícero Ribas..