Pular para o conteúdo principal

História do meu Pai


Salve, salve moleque,meu anjo, sonhador,
Saiu bem novo, da terra Bahia de todos os santos,
Lembranças tem cidade de salvador

Destino nem sabia, o que a vida iria lhe mostrar
Passou pelo Rio, mulatas o samba o chamam para ficar

Ficou na esperança de aproveitar
Só gastou, folia, dinheiro acabou,

O moleque já não era, e nem mas podia brincar
Pois não tinha onde ficar, então desceu foi para São Paulo
Mas só viu a correria, metrópole cidade moderna, com o povo que já conhecia,
Que idolatrava um tal de Pelé e amava ver o Timão jogar.

Desceu no Paraná
Cidade tranqüila morou em londrina
balconista, trabalha sorrindo a vida
Nas horas de folga ia a radio ver artistas cantar
Viu Vanderléia, o tremendão e roberto tocar
Já tinha passado alguns anos era hora de se mudar.

O frio continuaria Rio Grande do sul
Dos pampas ele iria ficar
Estudo ele não tinha vida era seu histórico
Trabalhou como cobrador, viu o falcão jogar,
Aquele tri campeonato fez, ele colorado,
Continuou amando o samba mesmo com tantos Ctg,s .
Mudou sua profissão oríves hoje ele é, casou da união, dois filhos,
Homens ele formou o mais novo seguiu seus passos e o outro
escreveu essa história agora vai ser escritor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mentir

Ato
Ligeiro imediato
Diferentes fatos

Expert
Um talento herdado
Ou praticado

Raciocino
Criativo segue seu instinto
Benéfico
Depende do momento

Negativo
Quando apelativo
Positivo
Quando é preciso
Difícil
Conviver, mas às vezes é preciso.

Escrito por Cícero Ribas.

Paixão

Por você
Fico triste em escutar
Sorrio ao lembrar

Apaixonado
Abri me declarei
Não vou me arrepender

Perfeito
Repetia tantas vezes
Feito criança
Adoro suas risadas
Faz-me falta

Desisti
Só de tentar te replicar
Por que você é do conta
É linda irritada

Longe
Só em presença
Se valer a pena
No inverno vou chegar

Escrito porCícero Ribas.

Juntos

Pode ser Não é um sonho Pode apostar Não é um jogo Pode arriscar Não esta sozinha Pode ter medo Não a, quem não tenha Pode ter certeza Não te largarei Pode confiar Não serei, mais um 
Escrito porCícero Ribas..