Pular para o conteúdo principal

Você



Sei que não gosta
Das suas curvas
Dentro de suas calças jeans

Perfeita para mim,

Sempre observei
Que escondia, não mostrava
Os óculos, medo de eu te ver
Por que

Não importa vou sempre te aceitar

Muitas vezes imaginei
Lendo processos
Letras pequeninas, sem fim
Que seus olhos grandes
Cansados piscavam de cansaço
Por se entregar
Eu te levando copo de café
para não dormir

Que saudades, quando olhavam para mim

Sei que acha, sem graça
A sua Pele branca, com pintinhas negras
Espalhadas pelas costas
Adoro o contraste em mim
O cheiro que deixava
Ao se despedir

Em volta da sua boca
Avermelhada dos beijos
Intensos, sua alergia a minha barba

Você amava

A parte que eu mais gosto
Você nunca adorou
Ria, quando eu te falava
Bem baixinho

Amor

Abraçava bem apertado
Para não se desgrudar
Achei que iria, me enjoar

Viciei

No seu nariz, cheirando
Meu pescoço
Sofro

Nunca mais.

Escrito por Cícero Ribas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mentir

Ato
Ligeiro imediato
Diferentes fatos

Expert
Um talento herdado
Ou praticado

Raciocino
Criativo segue seu instinto
Benéfico
Depende do momento

Negativo
Quando apelativo
Positivo
Quando é preciso
Difícil
Conviver, mas às vezes é preciso.

Escrito por Cícero Ribas.

Juntos

Pode ser Não é um sonho Pode apostar Não é um jogo Pode arriscar Não esta sozinha Pode ter medo Não a, quem não tenha Pode ter certeza Não te largarei Pode confiar Não serei, mais um 
Escrito porCícero Ribas..

Tenho Raiva

Tenho raiva De mim Por não ter coragem de encarar
Tenho raiva Por ter medo Por que nunca tento
Tenho raiva Por sempre desistir Por não falar o que sinto
Tenho raiva Por me esconder atrás de desculpas Por não te assumir
Tenho raiva Por te querer Por estar sem você

Escrito porCícero Ribas