Pular para o conteúdo principal

Tim Maia


De longe se ouvia
Voz aguda, timbre alto...
Um leão afinado,

Indomável
Sem papas na língua, teimoso...
Sem sombra de duvida, muito
 Talentoso.

Enorme artista
Também no sentido figurado,
Comia desenfreado.

Gargalhava como criança
Coração apaixonado
Ouvido absoluto doía, não se cabia desafinação
Todos já preparados, La vem o trovão
Igual sua fome insaciável
Ficava profundamente irritado

Mas ninguém era predestinado
Ou agraciado com tamanho dom

Só ele o menino Tião
Cheio de marra sobrenome Maia

Que acreditou em suas próprias mentiras
Viveu, escreveu e cantou alegremente e encantou
Tim Maia do Soul

Comentários

Danny disse…
Tim Maia sempree

Postagens mais visitadas deste blog

Juntos

Pode ser Não é um sonho Pode apostar Não é um jogo Pode arriscar Não esta sozinha Pode ter medo Não a, quem não tenha Pode ter certeza Não te largarei Pode confiar Não serei, mais um 
Escrito porCícero Ribas..

Mentir

Ato
Ligeiro imediato
Diferentes fatos

Expert
Um talento herdado
Ou praticado

Raciocino
Criativo segue seu instinto
Benéfico
Depende do momento

Negativo
Quando apelativo
Positivo
Quando é preciso
Difícil
Conviver, mas às vezes é preciso.

Escrito por Cícero Ribas.

Paixão

Por você
Fico triste em escutar
Sorrio ao lembrar

Apaixonado
Abri me declarei
Não vou me arrepender

Perfeito
Repetia tantas vezes
Feito criança
Adoro suas risadas
Faz-me falta

Desisti
Só de tentar te replicar
Por que você é do conta
É linda irritada

Longe
Só em presença
Se valer a pena
No inverno vou chegar

Escrito porCícero Ribas.