Pular para o conteúdo principal

O eterno rei do Pop Michael jackson


Michael jackson

Carisma, sorriso fácil, saindo dos lábios, voz harmônica, amável,
balanço envolvente num swing maneiro ABC, nascia nos jackson’s five.
Um líder prodígio, Moleque, travesso, mas não podia brincar.
O palco era seu berço o microfone seu brinquedo, na dança ele corria com, os irmão pulava de alegria.

Anos 80 chegou e 90 ele também dominou, era hora de assumir,
quem eu sou?
Ao palco voltaria, solo e mais Pop, o chamariam o rei do pop.

Mais bailarino agressivo com passos do gueto
Num, Billie Jean empolgante unindo técnica, força e voz.
Desafiando a física e o corpo fez Thriller chegar ao topo.

Nunca esquecendo do soul que o transformou, escreveu Heal The World,
Unindo vozes consagradas em pro de uma causa, salvar a África.

Entre outras tantas musicas, cantadas, sempre com sua voz afinada, nos Emocionava, lembro de ver e ouvir, Man In The Mirror. No palco ele gritou, chorou, em dicção perfeita e suavidade já mais ouvida o que musica transmitia, a platéia ficou louca, anestesiada em ver o final um homem parado com punho esticado ele foi ovacionado.

Como pode um simples mortal nos fazer sonhar e viajar num mundo de conto de fadas é, Anos e anos se passaram o dia já mais imaginado, chegou, a morte o fim, mas não de sei legado.
Mito ou lenda todos o lembrarão
Américas, oriente, ocidente, Europa e nunca esquecendo a África
A mensagem que nos passou
Amor, paz e igualdade na busca de um mundo melhor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mentir

Ato
Ligeiro imediato
Diferentes fatos

Expert
Um talento herdado
Ou praticado

Raciocino
Criativo segue seu instinto
Benéfico
Depende do momento

Negativo
Quando apelativo
Positivo
Quando é preciso
Difícil
Conviver, mas às vezes é preciso.

Escrito por Cícero Ribas.

Juntos

Pode ser Não é um sonho Pode apostar Não é um jogo Pode arriscar Não esta sozinha Pode ter medo Não a, quem não tenha Pode ter certeza Não te largarei Pode confiar Não serei, mais um 
Escrito porCícero Ribas..

Tenho Raiva

Tenho raiva De mim Por não ter coragem de encarar
Tenho raiva Por ter medo Por que nunca tento
Tenho raiva Por sempre desistir Por não falar o que sinto
Tenho raiva Por me esconder atrás de desculpas Por não te assumir
Tenho raiva Por te querer Por estar sem você

Escrito porCícero Ribas